Desaparecimento de Jovem,Morador da Favela da Kelson’s,completa um mês

Victor Santos
Victor Santos

Victor Santos da Costa é nascido e criado na favela  Marcílio Dias (favela da Kelson’s), no Complexo da Maré, e está desaparecido  desde o dia 15 de abril. Parentes e amigos do jovem estão há exatamente um mês  sofrendo com o seu desaparecimento.

Ele saiu para trabalhar somente com a roupa do corpo, em um veículo Fiorino placa EWR9522 / RJ cor branca.

Antes de trabalhar, ele deixou a mulher e filho no hospital Getúlio Vargas na Penha, seguiu seu caminho pelo bairro de Ramos onde se localiza a empresa que trabalha. Segundo funcionários da empresa, ele trabalhou normalmente durante o dia, e no fim do expediente retornou a empresa, onde deixou o seu ajudante. Depois ficou na empresa por algum tempo, saiu e não foi mais visto.

Victor Santos da Costa
Victor Santos da Costa

Sabemos da realidade violenta da nossa cidade, onde o jovem negro é alvo de racismo e está em péssimas condições de vulnerabilidade social. Além disso, repetidamente falamos sobre os dados do mapa da violência, que constata que o jovem negro no Brasil morre 03 vezes mais que um jovem não negro. Porém não perdemos a esperança. Victor Santos será encontrado.

Por favor, você que acompanha essa coluna e tem alguma notícia entre em contato através dos telefones abaixo:

985026950 Mayara (Esposa)

988204221\25841095 Marilene (Mãe)

970166484 Débora (Irmã)

Familiares e amigos, agradecem sua colaboração!

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]