Favela 3D: Jovens disputam imaginário popular Campanha destaca a imagem da favela para “muito além do que se vê”

Favela 3D
Favela 3D

Rio de Janeiro – Já pesquisou a palavra “favela” no banco de imagens do Google? Logo na primeira página do site de busca, a tela do computador é ocupada por fotos e cenas de violência, pobreza, tráfico de drogas entre outras. A favela é apresentada majoritariamente, para moradores ou não, como um lugar de carência, um território essencialmente violento e perigoso. Para muitos, o Google sabe e mostra tudo. Será?  

Idealizada pelos jovens da Escola Popular de Comunicação Crítica, projeto do Observatório de Favelas, a campanha Favela 3D pretende disputar o imaginário popular mostrando a favela como local de potência e favelados e faveladas como protagonistas da cidade, ampliando a perspectiva da favela, revelando a realidade para “muito além do que se vê”.

A partir dos três D’s (Disposição, Diversidade e Direitos), a campanha começa com uma ação de disposição, realizando intervenções artísticas com stencil – técnica ligada ao grafiti para aplicações rápidas de imagem –  nos muros da cidade. Destacando a diversidade, no dia 19, em plena Maré, acontece um Flash Mob misturando dançarinos de passinho e instrumentistas da Orquestra Maré do Amanhã (o vídeo ao vivo no facebook já está com mais de 25 mil visualizações) . Fechando as ações, serão instaladas faixas nas passarelas da Avenida Brasil com frases retiradas da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

FlashMob na Maré – Foto Andressa Nubia

Na sexta (20), começa a segunda etapa da campanha: a Conferência 3D. Nos dias 20,21 e 22 acontece a Ocupação 10 anos da Cia Marginal com exibição de peças teatrais da Cia seguida de bate-papo com os atores. Na quarta-feira (25), o Papo 3D levará ao público experiências positivas de pessoas que atuam dentro das favelas do Rio, além da exibição do documentário “Quem são os markers da favela?”. A festa de encerramento das ações e formatura dos alunos será no dia 28 de maio.

Todas as atividades são abertas e gratuitas.

Serviço:

Conferência 3D – Evento no facebook (http://migre.me/tTo4x)

20/05,21/05 e 22/05 (sexta, sábado e domingo) – Ocupação 10 anos da Cia Marginal
20/05 – 19h – Vai

20h – Qual é a nossa cara

21/05 – 19h – Ô Lili

22/05 – 19h – Eles não usam tênis Naique + bate-papo com os atores
Local: Centro de Artes da Maré – Rua Bitencourt Sampaio, 181, Maré

25/05 (quarta-feira) – Papo 3D +  exibição dos filmes “Quem são os makers da favela?” + as exposições fotográficas Corprojeção, Amarévê

Horário: 18h

Local: Galpão Bela Maré – Rua Bitencourt Sampaio, 169, Maré

28/05 (sábado) – Festa de encerramento

Horário: 19h

Local: Galpão Bela Maré – Rua Bitencourt Sampaio, 169, Maré.

convitefavela3d

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]