Favela Mundo dará “Gritinho de Carnaval” amanhã na Rocinha

Carnaval Favela Mundo - Foto Cacau Fernandes (20)

“Estamos promovendo uma festa de Carnaval exclusivamente para crianças e jovens em que o brincar é o mais importante”

 Você se lembra do Carnaval da sua infância, cheio de marchinhas e brincadeiras de rua? Então prepare a serpentina e a fantasia do seu filho, pois o Projeto Favela Mundo dará o famoso ‘Gritinho de Carnaval’ amanhã, dia 1º de março, às 15h, em parceria com a Biblioteca Parque da Rocinha (Estrada da Gávea 454). Assim como aconteceu na festa ontem na Cidade de Deus,  cerca de 700 crianças e adolescentes estão sendo aguardados. Além das marchinhas mais famosas e animadas, o evento, que é totalmente gratuito, ainda vai contar com um concurso de fantasias que premiará as melhores com kits escolares.

“O Carnaval é uma das grandes manifestações culturais do nosso país, e o Gritinho de Carnaval do Favela Mundo resgata essa cultura centenária”, aponta Marcello Andriotti, diretor da ONG Favela Mundo (homônima ao projeto). “Estamos promovendo uma festa de Carnaval exclusivamente para crianças e jovens em que o brincar é o mais importante. Estamos abrindo as portas para todos, para que seja resgatado o espirito do Carnaval de rua, a verdadeira alma do carioca.”

O Projeto Favela Mundo conta com patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura, LAMSA e MetrôRio, empresas do grupo Invepar, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS e apoio do Instituto Invepar.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]