Festival de Poesia Falada do Rio de Janeiro tem inscrições abertas para concurso

apperj

APPERJ – Associação Profissional de Poetas no Estado do Rio de Janeiro convida todos os poetas a participarem do  Festival de Poesia Falada do Rio de Janeiro (Prêmio Francisco Igreja)

O tema do concurso é livre, sendo aceitos todos os estilos poéticos. Cada concorrente pode enviar três poemas e devem ser escritos em português e em no máximo 30 linhas, incluindo os espaços. A inscrição custa R$ 10,00 por poema e é necessário que o concorrente envie uma cópia do depósito feito em nome de APPERJ, no Banco Itaú, ag. 9291, cc 15466-5, até o dia 31 de julho de 2015, para: VIII Festival de Poesia Falada do Rio de Janeiro – Prêmio Francisco Igreja; Rua Oscarito, 61, CEP: 22743-730, Freguesia/Jacarepaguá, Rio de Janeiro/RJ, valendo como data de entrega o carimbo do correio.

Os dados do autor deverão ser enviados em envelope lacrado, o trabalho deverá ser apresentado com pseudônimo e digitado (não serão aceitos poemas manuscritos), constando de: nome completo do autor; nome literário; pseudônimo; título da obra; endereço completo – CEP inclusive; telefone para contato – indicar DDD; e-mail. O envelope lacrado com os dados do autor deve ser enviado dentro do envelope maior contendo o(s) poema(s) para o concurso. É importante colocar como remetente, o nome Francisco Igreja e o mesmo endereço do destinatário. A identificação indevida do poeta, assim como o não atendimento a qualquer item do regulamento, acarretará na desclassificação do mesmo.

Serão selecionados os 20 melhores textos, e os autores receberão certificado de Menção Honrosa e prêmios no valor de mil reais, assim distribuídos: 1° lugar: R$400,00; 2° lugar: R$300,00; 3° lugar: R$200,00 e melhor intérprete: R$100,00.

O poeta 1° lugar em texto receberá o Prêmio Francisco Igreja, que constará de: além do prêmio em dinheiro; publicação sem ônus na coletânea PERFIL e medalha Francisco Igreja.

O encerramento do concurso acontecerá dia 25 de setembro de 2015 (6ª feira), a partir das 17h, no Auditório Machado de Assis, da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]