Gatos Gratos

olhos-gatos-5

Essa semana, no dia 17 de Fevereiro, foi o dia mundial dos gatos. Coincidentemente minha felina foi envenenada faz pouco tempo (ela se encontra bem). Porém é ainda normal ouvir de algumas pessoas que odeiam animais ou ficam aborrecidas por eles estarem ao redor. Fico impressionado como tamanha crueldade que esse ódio pode levar.

Quem no bairro na comunidade onde mora nunca se deparou com um animal de rua? Pois as casas que recebem animais abandonados fazem o possível e grande maioria não contam com nenhum apoio a não ser dos voluntários  que fazem esse serviço de cuidados com cães e gatos que circulam pelos centros, comunidades e etc.

Na internet volta e meia são publicados vídeos de mal tratos a animais diversos e os gatos por serem em sua maioria carinhosos e domésticos como os cães, são facilmente arrebatados para essas atrocidades. É possível ver na internet essas atitudes lamentáveis que correm como se não fosse crime essa atitude. Mas sim colega, matar e maltratar animais é crime. Podendo ser denunciado no 190 como crime ambiental.

Não abandone seu animal doméstico em vias ou praças públicas. É preciso conscientização e entender que somos a espécie dominante porém não somos soberanos. Falta bom senso e amor ao meio em que vivemos.

Lembre-se

01) Fotografe e/ou filme os animais vítimas de maus-tratos. Provas e documentos são fundamentais para combater transgressões.
02) Obtenha o maior número de informações possíveis para identificar o agressor: nome completo, profissão, endereço residencial ou do trabalho.
03) Em caso de atropelamento ou abandono, anote a placa do carro para identificação no Detran.

04) Peça sempre cópia ou número do TC e acompanhe o processo.

05) É extremamente importante processar o infrator, para que ele passe a ter maus antecedentes junto à Justiça.

06) Não tenha medo de denunciar. Você figura apenas como testemunha do caso. Quem denuncia, na prática, é o Estado.

“Lembre-se” Retirado do site: http://www.pea.org.br/denunciar.htm

SOBRE O AUTOR:

IMG_20150727_112156Meu nome é Jandesson Antero, tenho 20 anos, sou estudante e curso Ciências Econômicas na Universidade Federal da Paraíba. Me divido entre João Pessoa (Mangabeira) e Baía da Traição.

Twitter: https://twitter.com/srantero

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]