Governo sanciona lei que proíbe o uso de linha chilena

Linha Chilena e cerol. Foto: Corpo de Bombeiros
Linha Chilena e cerol. Foto: Corpo de Bombeiros

NOTA

Na última sexta-feira (19) o governador Wilson Witzel sancionou a lei n° 8.478 de autoria do deputado estadual Marcio Gualberto  (PSL-RJ), que proíbe a venda, a fabricação, a compra ou uso de cerol e linha chilena.

Aquele que for pego mesmo sendo menor de idade usando a linha chilena ou o cerol terá que pagar uma multa de 100 UFIR-RJ, ou seja, o valor de  R$ 342,1. O infrator sendo menor será notificado junto com seu responsável. A lei anterior penalizava apenas quem comercializava ou fabricava os produtos com multa administrativa.

Em março (31) o caso da menina Eloah, de 8 anos causou comoção após ela ser atingida pela linha e precisar amputar uma de suas pernas. A menina está retomando aos poucos sua rotina e usa cadeira de rodas, enquanto aguarda a nova cirurgia para colocação de uma prótese.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]