Há quatro anos, o menino Eduardo de Jesus era assassinado na porta de casa no Alemão

1428073846_828898_1428075961_album_normal

Quatro anos sem Eduardo de Jesus

Hoje (02) completa 4 anos que o menino Eduardo de Jesus foi assassinado pela polícia, na porta de sua casa no Complexo do Alemão, enquanto jogava no celular. Ele tinha 10 anos. Após a tragédia, os pais de Eduardo se mudaram para Teresina/Piauí e o casamento não resistiu. Hoje vivem separados.
 
Alvejado com um tiro na cabeça, o menino morreu na hora e, apesar das tentativas da polícia de retirar o corpo e forjar legítima defesa, a cena do crime se manteve graças a mobilização dos vizinhos, que ajudaram a impedir que Eduardo fosse incriminado.
 
O caso aconteceu em 02 de Abril de 2015 e em novembro de 2017 foi arquivado pela Justiça do Rio de Janeiro.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]