I Encontro de favelas pela paz será realizado em Copacabana

image

Evento vai reunir moradores de favelas de todas as zonas do Rio de Janeiro

O I Encontro de Favelas pela Paz no Rio de Janeiro será realizado no próximo domingo, dia 2 de julho, a partir das 10h, em Copacabana. O ponto de encontro vai ser em frente ao hotel Copacabana Palace. A manifestação – que vai ser parada – é para reunir moradores de favelas de diversas áreas da cidade por um motivo comum – pedir paz.

No Complexo do Alemão, alguns ônibus vão transportar os moradores até Copacabana. Eles vão sair de áreas como Grota, Pedra do Sapo, Nova Brasília e das Casinhas, com previsão de partida para 9h. O evento está sendo organizado pelos presidentes das associações de favelas como Formiga, Borel, Penha, Rocinha, Cidade de Deus, Jacaré, Lins, Acari, Pedrilha, Manguinhos, Arará, Mandela, Turano, Mangueira, Tuiuti, Chapéu Mangueira, Babilônia, Dona Marta e muitas outras.

Segundo o Presidente da Associação de Moradores da Palmeiras e da Nova Brasília, no Complexo do Alemão, Marcos Valério Alves, o Marquinhos, a manifestação é para denunciar a truculência em todas as favelas e mostrar para a sociedade a urgência de uma nova política de segurança pública. “O nosso objetivo é mostrar à sociedade que precisamos de uma mudança geral e que a violência deve ser combatida com ação social”.

Segundo Marquinhos, a partir desse evento vai ser criado um Fórum permanente de Segurança Pública de favelas e Desenvolvimento Social. Representantes de órgãos como o Ministério Público e Defensoria Pública também estarão presentes.

 

Serviço

O que?
I Encontro de Favelas pela Paz
Onde?
Em Copacabana, em frente ao hotel Copacabana Palace
Quando?
Próximo domingo, 2 de julho, a partir das 10h

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]