IBGE abre 200 mil vagas para trabalho temporário

Brasil, São José dos Campos, SP. 15/08/2010. Recenseador aborda moradora de São José dos Campos, interior paulista, para colher os dados do Instituto Brasileiro de Geografia   e Estatística (IBGE) que compõem o Censo 2010, neste domingo (15). O Censo deste ano tem sua captação de dados   digitalizadas. - Crédito:LUCAS LACAZ RUIZ/AE/AE/Codigo imagem:89052
Brasil, São José dos Campos, SP. 15/08/2010. Recenseador aborda moradora de São José dos Campos, interior paulista, para colher os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que compõem o Censo 2010, neste domingo (15). O Censo deste ano tem sua captação de dados digitalizadas. - Crédito:LUCAS LACAZ RUIZ/AE/AE/Codigo imagem:89052

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu dois processos seletivos para trabalhar na coleta de informações no Censo Demográfico 2020, que tem como objetivo compor um novo retrato da realidade do Brasil entrevistando os moradores de todos os domicílios do país. As inscrições começaram ontem, dia 5, e vão até 24 de março. As vagas são para Agentes Censitários Municipais / Agentes Censitários Supervisores (nível médio) e para Recenseadores (nível fundamental).

As inscrições devem ser feitas no site da Cebraspe, organizadora do Processo Seletivo e a taxa de inscrição para as funções de nível médio é de R$ 35,80 e para Recenseador, de R$ 23,61. Os valores podem ser pagos em qualquer banco, casa lotérica ou pela internet. No total são oferecidas mais de 208 mil vagas e as remunerações variam entre R$ 1.700 e R$ 2.100.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]