Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Iniciativa abre curso de produção de podcast para jovens de favela do Rio

Promovido pela Polén UNISUAM, moradores do Alemão, Manguinhos e Maré poderão aprender a criar e editar seus próprios conteúdos em áudio
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Oportunidades de aprendizado em áreas de tecnologia são sempre muito importantes para a juventude, principalmente de favelas e periferias. Um curso de criação de podcasts será oferecido pelo Pólen, Polo de Inovação da UNISUAM pepara aqueles que desejam capacitação na área.

Com aulas presenciais de carga horária total de 10 horas, o objetivo é capacitar jovens de 18 a 29 anos do Rio de Janeiro para produzir, editar e criar conteúdos em áudio. Além disso, uma oficina de fotografia será oferecida junto ao curso, ambos realizados na sede do Pólen (Avenida Paris, n° 121 – Bonsucesso).

Pré-requisitos e informações para se inscrever

Os candidatos necessitam morar nos complexos do Alemão, Manguinhos ou Maré. Serão abertas 10 turmas com 5 participantes cada. As aulas têm previsão de início em janeiro de 2023 e os alunos terão acesso ao estúdio de gravação do Pólen. 

As inscrições acontecem por meio do link a seguir (https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeom8RuM6w8pG7q3TocVQT1g4qKq03d_cjwIPPjz0FX8kV3Pw/viewform). O prazo é até 10 de janeiro de 2023.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]