Iniciou nesta segunda-feira (08) as aulas remotas da rede municipal de ensino no Rio

Nesta semana inicial o ensino será 100% remoto através de uma programação diária de 10 horas de aulas na TV Escola
Prefeitura Educação

Foto: Arte/Prefeitura do Rio

A partir de hoje se inicia o ano letivo da rede municipal de educação do Rio. Nesta semana inicial, o ensino será 100% remoto através de uma programação diária de 10 horas de aulas na TV Escola (canal aberto 2.3). 

Por meio da sua rede social, o secretário municipal de educação confirmou este retorno das aulas de maneira remota. Nesta primeira semana, a programação ocorrerá de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 20h30. Serão exibidas aulas de Matemática, Geografia,  Língua Portuguesa, História, Ciências, Língua Estrangeira, Música, Artes Visuais e Cênicas para diversos segmentos, da Educação Infantil ao Programa de Jovens e Adultos, em diversos dias e horários.

O aplicativo Rioeduca em casa começará a ser disponibilizado a partir do dia 23/2. Até lá, as aulas serão pela televisão. Para assistir à programação da SME na TV Escola, existem as seguintes opções: na TV aberta, o canal é o 2.3. Também é possível acompanhar em tvs por assinatura. NET/CLARO  (Canal 15), CLARO TV (Canal 8),OI TV  (Canal 25), SKY (Canal 21) e VIVO  (Canal 235).

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]