Jovem de 11 anos é encontrada morta com sinais de abuso sexual em Inhaúma

AmF_faQA2Lm1e7mYuUUZzRYt-j3atF1RxIdKmZz4YcYR

O corpo da adolescente foi encontrada em rua próximo de sua casa enrolada em lençóis com marcas no corpo

Com marcas roxas pelo o corpo, uma adolescente foi encontrado morta na manhã desta sexta feira (30) em uma comunidade de Inhaúma, Zona norte do Rio. O corpo era da jovem Débora, de 11 anos de idade, que morava na Rua Roberto Marcondes, comunidade do Mangueiral, onde seu corpo foi encontrada.

Policiais chegaram a deter um suspeito de ter cometido o crime. O suspeito estava próximo ao corpo, na hora em que os militares chegaram ao local do crime. Segundo os moradores locais, o suspeito correu, ao avistar os militares. Levado para a Delegacia, o suspeito deu seu depoimento e foi liberado em seguida. Ainda junto com ele, mais outras duas testemunhas prestaram depoimento na Regional.
A mãe de Debora está em Paris, onde foi visitar familiares, deixando a filha com seu pai, no Brasil. Ao saber da morte da filha, a mãe volta ao Brasil no primeiro voo. O corpo da jovem foi removido para o Instituto Médico Legal, após pericia da Delegacia de Homicídios. Segundo reportagem dada pela a super Rádio Tupi, a DH terá que explicar o porque soltaram o principal suspeito.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]