Jovem de 22 anos decide usar os conhecimentos da faculdade para sua comunidade

IMG_28881

Cesar Gouveia, 24 anos, filho de nordestinos é o criador do portal Vozes das Comunidades da Vila Prudente.

Formando em Comunicação Social com ênfase em jornalismo, o jovem da favela da Vila Prudente, zona leste de São Paulo, criou o portal, em 2013, com o objetivo de dar visibilidade às necessidades de sua comunidade e também para aplicar os ensinamentos adquiridos em aula para benefícios ao seu povo.

O bairro onde resido existe há 126 anos, recentemente tem tido grandes avanços em infraestrutura com a construção dos metrôs Vila Prudente e Tamanduateí, com o shopping Mooca Plaza e ainda mais recente com o monotrilho linha 15-prata. Esses avanços deixaram a desejar para as favelas, e é aqui que entra mais um motivo de ter sido criado o Vozes: oportunidade.

Os jovens da Vila Prudente foram literalmente abandonados pelos órgãos públicos, estes só manteram as escolas por obrigação, as áreas que usavam para prática esportiva foram todas fechadas, exceto uma construída por políticos em época de eleição é que está capengando.

Neste ano de 2015 iniciamos as edições impressas, no entanto por falta de verba tivemos que parar para nos reorganizarmos. Atualmente o Vozes das Comunidades da Vila Prudente está passando por uma reorganização pela qual temos o objetivo de realizar um melhor planejamento para as atividades do jornal no ano quem vem, em 2016.

As ações do Vozes são baseadas em informação, empoderamento, esporte e cultura.


IMG_28881Meu nome é Cesar Gouveia, sou jornalista, nascido em 1991, criador do jornal comunitário Vozes das Comunidades da Vila Prudente, na zona leste de São Paulo. CEO & Founder Agência de Comunicação Comunitária BlessedPress, Diretor Projeto FUTVIDA Prudente.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]