Jovens criam jogo “Sobrevivendo ao Corona” para divulgar projeto e ajudar famílias da periferia

Game também foi criado para homenagear os motoboys
CAPA FINAL
Andreza Delgado é a fundadora do Perifacon. Foto: Reprodução

Criado pela influenciadora digital Andreza Delgado, uma das fundadoras do Perifacon, e o designer e programador Rafael Braga, o jogo tem como objetivo dar visibilidade ao projeto “Sobrevivendo ao Corona”, iniciativa que compra e distribui cestas básicas, kits de higiene e livros/HQs para famílias da periferia de São Paulo, que não possuem associação de moradores e não estão ao alcance de ONGs.

O jogo também foi criado como uma forma de homenagear os motoboys, figuras tão conhecidas das rua da periferia, e que estão trabalhando intensamente durante a pandemia do novo coronavírus. “Eu e o Rafa gostamos muito de jogos. Eu tinha a ideia de desenvolver um jogo para divulgar o projeto e ele estava com uma ideia de game para motoboys. Queríamos algo que representasse a periferia. Juntamos tudo e nasceu esse jogo.” contou Andreza. A dinâmica do jogo é bem legal, você precisa ajudar o motoboy a pegar as cestas básicas na pista enquanto desvia dos carros. Nesta quarentena é uma ótima opção de entretenimento.

A meta é ajudar as mais de 3 mil famílias que esperam por cestas básicas do projeto. O jogo foi lançado ontem e você pode acessá-lo neste link. Lá você também encontrará o botão de doação, em seguida é encaminhado para um QRCode do Picpay e, por fim, pode ser realizada a sua colaboração.

O designer e programador Rafael Braga. Foto: Reprodução

Além da experiência com o game, quem preferir também pode contribuir com o projeto pelas seguintes contas:

Banco do Brasil (BB) Conta Corrente: 59883-6 Agência: 04332
Rafael do Santos Monteiro CPF: 037.456.923-14

Nubank, Conta 5349537-8 Agência: 0001
Rafael do Santos Monteiro CPF: 037.456.923-14

E para conhecer mais do projeto e ficar por dentro de tudo o que eles estão fazendo é só segui-los nas redes sociais: Instagram @sobrevivendo_ao_corona e Twitter @sobrev_corona

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]