Mãe e filha atingidas por balas perdidas no alemão, infelizmente mãe faleceu

11102936_460931134072096_2086046948463120239_n
11083674_460939607404582_3037593592207173367_n
Maynara Moura junto com sua Mãe Elizabeth Alves, ambas atingidas por balas perdidas. Foto: Internet

Na tarde dessa quarta feira (01) por volta das 16hr uma intensa troca de tiros deu inicio na comunidade da Alvorada parte alta do Complexo do Alemão baleando quatro pessoas, onde duas delas morreram. Elizabeth Alves que trabalhava como porteira de uma Creche que também fica no alto do morro, foi atingida dentro de sua casa por um tiro no pescoço e levada as pressas para o pronto socorro mais próximo. Junto com ela, seguia também atingida por uma bala perdida, sua filha de 14 anos Maynara, atingida no braço. No mesmo local, dois homens um identificado como Rodrigo, e o outro sem identificação,  foram atingidos e mortos, um deles atingido por um disparo fatal na cabeça.

Com estes, soma-se 22 pessoas atingidas por disparos de armas de fogos só esse ano no Alemão, sendo 10 mortos, e 12 feridos. Soma-se também 90 dias sem trégua, sem paz alguma para os moradores do Complexo do Alemão. No dia 19 de março, outra jovem foi baleada na porta de sua casa. Vanessa dos Santos, de 38 anos, foi atingida enquanto conversava com um vizinho na porta de sua casa. O vizinho dela, não identificado, foi atingido com um tiro de raspão na cabeça, já vanessa, foi atingida no abdômen e já chegando sem vida na Upa do alemão.

Atenção Imagens Fortes + 18 anos.

 

 

 

 

5a7e563f6a0ef4161cb000613818046casdawfa
Jovem conhecido como Rodrigo baleado e morto na comidade da Alvorada. Foto: Enviada pelo WhatsApp

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]