Maré amanhece ao som de tiros em mais um dia de operação

Página Maré Vive acompanha a operação e informa a situação da região através das redes sociais
Operação maré reprodução da Globo
Operação maré reprodução da Globo

Em mais um dia de mega operação, a comunidade da Maré amanheceu ao som de muitos  tiros e fogos. Desde o início desta terça-feira (06), a página Maré Vive narra através das redes sociais como está o clima nas comunidades Parque União, Nova Holanda, Rubens Vaz, Baixa do Sapateiro, Vila do Pinheiro, Salsa, Vila do João, Conjunto Esperança, entre outras. Moradores dizem que além do caveirão, a ação conta com o apoio de um helicóptero e também relatam invasões e abusos de poder no Complexo. O Bope (Operações Especiais ) o Choque e o BAC (Ações com Cães) participam da operação.

“Aqui do Amorim da para ouvir os tiroteios, acordei com som do helicóptero, quando peguei o celular, mais uma operação na maré, segunda a sexta feira agora”, comentou um morador na página Maré Vive, enquanto outros se perguntam se é seguro ir para rua e se vale a pena sair de casa para ir trabalhar.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]