MCs cariocas são acusados pela polícia de apologia ao crime

Os MC´s Cabelinho e Maneirinho foram intimados a se apresentarem as autoridades para prestarem depoimentos

MCs cariocas são acusados pela polícia de apologia ao crime

No final da manhã desta quinta-feira (29/10), os MCs cariocas Cabelinho, de 24 anos, e Maneirinho, de 25 anos, relataram em suas redes sociais que foram intimados pela Polícia Civil do Rio de Janeiro a deporem por acusações de apologia ao crime.

MC Maneirinho é nascido e criado no Morro do Serrão, em Niterói. Nesta semana foi surpreendido com a intimação da Polícia Civil do Rio a se apresentar para prestar depoimento às autoridades sobre o crime de apologia ao crime em suas músicas.

Nas redes sociais, o cantor pede apoio a comunidade do funk carioca.

Já MC Cabelinho, por volta das 11h de hoje, esteve na Cidade da Polícia para prestar depoimento sobre as acusações de apologia ao crime. O cantor também usou as redes sociais para comentar a intimação e demonstrou sua total indignação com o caso, ainda fazendo duras acusações.

Mc Cabelinho é nascido e criado na região conhecida como PPG (Pavão-Pavãozinho e Cantagalo), zona Sul do Rio, e estava no elenco da novela das 21h Amor de Mãe, da Rede Globo, interpretando o personagem Farula. A novela teve as gravações interrompidas por conta da pandemia.

Em ambos os casos, os dois cantores relataram o preconceito sofrido por aqueles artistas que saem das favelas cariocas e como são marginalizados por isso.