Morador do Alemão expõe quadros feitos com a boca

wpid-wp-1409336666486

Esse é o Marcio Alcântara, 43 anos. É cadeirante há 21 anos, quando sofreu acidente de moto. Ele pinta esses quadros  há 1 ano com a boca. Foi incentivado pelo a amigo Jefferson Maia, artista da APBP (associação dos pintores com a boca e os pés) a começar mesmo sem fazer nenhum curso.

image
— Esse meu amigo me chamava há muito tempo, mas pelo fato de eu ser tetraplégico, achei que não fosse possível. Sem fazer nenhum curso, pintei meu primeiro quadro e todos gostaram. Agora não quero mais parar! Quero fazer parte dessa associação também, quem sabe eu não ganho uma bolsa né?! — indaga Márcio que está com a exposição na praça do conhecimento até o dia 7 de setembro.

[email protected]

image

image

Para conhecer melhor o trabalho dos artistas, basta clicar nos links abaixo:

Márcio Alcântara:
https://www.facebook.com/arteadaptada?fref=ts

Jefferson Maia:
http://www.inclusivas.com/p/minha-producao-artistica-expressada-nas.html

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]