Moradores relatam que blindado do Bope derrubou moradias na CDD

Uma operação do Bope deixou moradores da Cidade de Deus em pânico na manhã desta terça-feira (03), além do medo por conta das trocas de tiros, moradores publicaram nas redes

Moradores relatam que blindado do Bope derrubou moradias na CDD

Uma operação do Bope deixou moradores da Cidade de Deus em pânico na manhã desta terça-feira (03), além do medo por conta das trocas de tiros, moradores publicaram nas redes sociais vídeos nos quais um blindado da Polícia Militar aparece entre algumas moradias da região conhecida como Brejo.

Segundo moradores da região o blindado passou derrubando moradias e ainda nos vídeos publicados por eles é possível ver pelo menos duas pessoas sendo socorridas.

Blindado da polícia passa entre moradias (Foto: Reprodução/Redes sociais)

“O caveirão passou por cima dos barracos sem se preocupar se havia alguém dentro, isso é errado, as pessoas aqui ficam sem defesas. Foi um desespero total, teve gente que acordou com os gritos de desespero. A gente não é contra a ação, mas destruir nossas casas não é certo, não pode ser assim, somos trabalhadores, respeitamos eles e ele tem que nos respeitar também”, contou uma moradora.

De acordo com a Polícia Militar, o veículo blindado do BOPE bateu em algumas moradias durante sua passagem e o mesmo ainda ficou preso nos fios elétricos do local. Ainda segundo a PM a corporação já está em contato com os moradores da região para saber os danos causados e ressarcir os mesmos.

PROTESTO APÓS MORADIAS SEREM DERRUBADAS:

Após a ação que resultou em moradias derrubadas, alguns moradores foram para as vias que cercam a região da Cidade de Deus para protestarem contra a passagem do blindado que destruí barracos na região do Brejo, uma das regiões mais pobres da comunidade.

Às 9h30, a Rua Edgard Werncek já estava liberada, mas manifestantes ainda permaneciam em uma faixa da Estrada Miguel Salazar Mendes de Moraes, que retiraram lixo de uma caçamba da Comlurb para fechar parte da via.

De acordo com o Centro de Operações, os protestos causaram reflexo no trânsito em importantes vias da Zona Oeste:

  • Estrada do Tindiba com retenções ao longo do sentido Pechincha;
  • Estrada dos Bandeirantes com retenções no sentido Camorim, da Avenida Nelson Cardoso até a Estrada Arroio Pavuna; e no sentido Taquara, na altura da Cidade de Deus;
  • Avenida Geremário Dantas com retenções no sentido Freguesia, do Largo do Pechincha até a Rua Edgars Werneck;
  • Retenções no Pechincha na Rua Retiro dos Artistas, sentido Largo do Pechincha, a partir da Rua Mirataia;
  • Avenida Nelson Cardoso com trânsito lento no sentido Estrada dos Bandeirantes, a partir da Rua Farmacêutico Silva Araújo;
  • Em Jacarepaguá, trânsito congestionado na Avenida Embaixador Abelardo Bueno em direção à Avenida Ayrton Senna, a partir do Maria Lenk. Lentidão também na Estrada Coronel Pedro Corrêa, sentido Abelardo Bueno.

Deixe comentário