Núcleo do Complexo do Alemão comemora 4 anos

Neste 3 de agosto, o Núcleo do Complexo do Alemão comemora 4 anos! Na realidade o trabalho do AfroReggae dentro da comunidade do Complexo já é uma parceria antiga. Muito antes da pacificação chegar ao Complexo do Alemão no final de 2009, o AfroReggae já apostava na força da comunidade. Seja nos shows que chegavam ao Campo do Sargento ou à Quadra da Canitá, desde o início desta década, através do projeto Conexões Urbanas, ou ainda as oficinas de teatro, dança e circo, na Quadra da Canitá, resultado do sucesso do projeto Itinerários Aliados feito no SESC Ramos, em parceria entre o AfroReggae e o SESC, em 2005.

No início de 2006, as oficinas que aconteciam na Quadra da Canitá foram transferidas para a Vila Olímpica Carlos Castilho, também no Complexo do Alemão, devido às diversas incursões policiais que colocavam em risco a vida dos jovens, inviabilizando as atividades realizadas.

Essas iniciativas fizeram tanto sucesso, que no dia 3 de agosto de 2007 é inaugurado o Núcleo na Grota, uma das 14 favelas que compõem o Complexo do Alemão, com uma sede cedida pela Associação de Moradores da Grota, que atende crianças e jovens das comunidades do Complexo com as oficinas de percussão, dança, grafite, teatro e circo. Recentemente o Núcleo reativou o Cantinho da Leitura, que permite aos alunos desfrutarem bons momentos através dos livros.

O núcleo também oferece algumas atividades para a Melhor Idade. Como em todos os núcleos do AfroReggae, o do Complexo possui uma equipe técnica social, uma vez que todos os alunos do GCAR têm atendimento de psicólogos, pedagogos e assistentes sociais.
Parabéns ao Núcleo do Complexo e também ao diretor artístico do AfroReggae e um dos coordenadores do Centro Cultural Waly Salomão, (núcleo do AfroReggae de Vigário Geral), que também aniversaria neste 3 de agosto!

Fonte: Afroreggae

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]