Obras para nova sede do Clube Everest foram iniciadas

95410060_2795781767323276_7247412318751948800_n

O ex superintendente da Região da Grande Inhaúma e do Complexo do Alemão, Romildo Jucá, divulgou na tarde de hoje (27), o início das obras da nova sede do Clube Everest. Em uma publicação na rede social Facebook, Jucá compartilhou fotos da obra, que está sendo realizada pela prefeitura através da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação (S.M.I.H.C). Vale lembrar que os apartamentos prometidos para centenas de famílias da região, através do programa Minha casa Minha Vida, ainda não foram iniciadas por falta de liberação de recursos do Governo Federal.

Leia a publicação na íntegra:

Mais uma ação que sai do papel. A Prefeitura do Rio começou as obras para a construção da nova sede do Clube Everest, em um terreno próximo à Linha Amarela. Estão sendo tomadas todas as medidas e exigências dos órgãos de saúde para a realização do trabalho, já que se trata de um espaço aberto.

Essas obras foram garantidas pelo Prefeito Marcelo Crivella após a utilização do terreno da antiga sede do clube – que pertence ao município – para a construção do condomínio habitacional para os moradores do Parque Everest, que tiveram suas casas afetadas e interditadas pela Defesa Civil por causa das chuvas de fevereiro de 2018.

Vitória da população de Inhaúma, que entendeu a ação para à comunidade, mas exigia a permanência do histórico clube. A Superintendência Regional da Grande Inhaúma esteve ao lado deles e acompanhou todos os tramites desses processos.

As obras estão sendo feitas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação (SMIHC).

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]