Observatório de Favelas promove debate sobre cultura e sociedade com Silvio Almeida e MC Carol

O encontro acontece de forma virtual no Youtube hoje, às 13h, e faz parte do projeto Música e Migração nas favelas
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

A cantora e ativista Mc Carol e o professor universitário Silvio de Almeida são os convidados no encontro virtual do Projeto Música e Migração nas Favelas. O bate-papo vai acontecer nesta sexta (11), às 13h, no canal do Youtube do Observatório de Favelas e tem como tema o debate sobre música e sociedade. O encontro faz parte da iniciativa Música e Migração nas Favelas, elaborado em parceria com Museu Sankofa, do Instituto Moreira Salles, e Universidade de Columbia.

O encontro será ao vivo e qualquer pessoa interessada pode acessar o bate-papo. Além da conversa, a transmissão marca o início de lançamentos dos produtos do projeto, que terá podcasts com a participação de artistas e intelectuais e divulgação de datas importantes.

O coordenador de Políticas Urbanas do Observatório de Favelas, Lino Teixeira, revela que o evento será uma troca de experiências. Unir a artista MC Carol ao intelectual Silvio Almeida impulsiona a discussão a respeito de “as relações entre a música, as identidades culturais e as relações territoriais”. Valorizar a cultura negra é uma das questões abordadas pelos convidados.

Foto: Reprodução

Ainda de acordo com o coordenador, o foco do papo também vai estar nas ações nos territórios, principalmente na música.” Esse encontro busca integrar as perspectivas de artistas e intelectuais visando lançar luz sobre as estratégias e movimentos territoriais especialmente no campo da música”.

O projeto Música e Migração nas Favelas está dividido em etapas, uma delas voltada para a realização de mapeamentos de músicos e artistas no conjunto de favelas da Maré e Rocinha e outra, que busca a partir de encontros e diálogos, estabelecidos entre grupos artísticos, artistas e pesquisadores, pautar a potência e o lugar de vida a partir de suas trajetórias e construções nos territórios vivenciados. Já organizou diversas encontros e oficinas, voltados para artistas e intelectuais.

Para quem quiser acompanhar, este é link da transmissão ao vivo (https://www.youtube.com/watch?v=Qic2odnde9w&feature=youtu.be)

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]