Operadoras se preparam para a chegada do nono dígito em Alagoas

(Crédito: Divulgação)
(Crédito: Divulgação)
(Crédito: Divulgação)
(Crédito: Divulgação)

Da Redação
Com NE10

Alagoas e mais cinco Estados receberão o nono dígito a partir do dia 31 de maio. A mudança visa aumentar a oferta de números de telefone para linhas móveis, segundo determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Pernambuco (81 e 87), Paraíba (83), Piauí (86, 89), Ceará (85 e 88), Alagoas (82) e Rio Grande do Norte (84) terão que adicionar “9” à frente dos números de celular no dia 31 de maio.

Como toda a mudança, algum transtorno é esperado na hora de digitar tantos números. Por isso as operadoras estão com ações para ajudar na transição.

A Oi informou por meio de sua assessoria que vai completar as ligações realizadas com oito dígitos. No entanto, o usuário vai ouvir uma mensagem avisando da adição do 9 à frente do número. A operadora também vai oferecer um canal de atendimento exclusivo para tratar do assunto, com profissionais de T.I, engenharia e relacionamento.

A operadora ainda dispõe de um aplicativo para iOS e Android para ajudar na mudança. Ele inclui automaticamente o 9 na frente dos telefones gravados na agenda.

A Vivo também contará com um aplicativo para atualização automática (iOS e Android). A empresa disse que está fazendo comunicação na fatura e estenderá a divulgação para os seus canais de relacionamento, como Call Center, lojas, redes sociais e no site.

Os clientes que possuem o serviço Vox Fácil, terão a atualização automática do 9° dígito, pois os equipamentos serão adaptados sem nenhum custo pela Vivo. A Claro também possui um aplicativo para inclusão do nono dígito nas lojas da Apple e Android. A Tim não informou como procederá.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]