#Opinião: E os políticos dizem: Que se danem os brasileiros

brasil-corrupcao

O que acontece hoje com nosso querido país? Por que tamanha crise? Antes a crise fosse apenas política, antes fosse apenas econômica, mas não, a crise que nos engloba está encravada em milhões de corações pelo Brasil… É uma crise cultural, sim… Não temos coragem de admitir, mas a cultura do povo brasileiro tristemente deu errado… Contudo, ainda há tempo de muda-la, ainda podemos apresenta-la a uma palavra chamada: Honestidade.

Não é preciso ser um historiador ou fazer muitas pesquisas para saber quanto o dinheiro era diferentemente importante em nosso passado colonial, digo diferentemente por que aqui ele era mais desejado do que em qualquer outro lugar… Ora! Que afirmação absurda! Como comprovar isto se em todo lugar há ganância? Antes de tudo, não estou dizendo que somos o povo mais ganancioso da Terra, mas um dos, e por quê?

Digamos que você pudesse voltar no tempo, num tempo onde o Brasil havia sido colonizado a pouco, com respectivas capitanias, sesmarias, capitães donatários, fazendas e pequenas vilas… As pessoas que aqui estavam sentiam-se como ¨na selva¨ literalmente, haviam deixado seus familiares em Portugal, cruzado todo um Oceano traiçoeiro sem nenhuma garantia de volta, como sobreviver neste ambiente hostil e desconhecido? Obtendo dinheiro.

Os mais poderosos refugiavam de sua frustração por não se sentirem contidos em uma civilização europeia na concentração exacerbada de riquezas e na opressão que os fazia sentir o gosto do poder, como eu posso ilustrar? Sabe aquele garoto na escola que só por que se sentia mal com algo em si, sentia também a necessidade de oprimir o próximo para se sentir melhor? Foi este o sentimento que se enraizou na gênese cultural da classe alta, por isso tantos escravos, tanta exploração, tanta ambição, tanta corrupção, e o sentimento de submissão enraizado na classe baixa.

E eu lhe pergunto, a quanto tempo as mesmas famílias estão no poder? Há séculos, para os atuais representantes nossos no poder parece mais fácil soltar o fio de alta tensão do que o dinheiro sujo na mão. E é por conta destes séculos que nossa cultura tornou-se um desastre… Os três poderes hoje disputam a supremacia, os representantes do povo o traem, o povo em sua grande maioria não percebe que é traído, e o Brasil é um sonho subtraído e subtraído e subtraído à pesadelo…

Hoje não somos mais colônia, nossa Terra não é mais um novo mundo, não é preciso este povo imundo a roubá-la para sobreviver como se estivessem… no fim do mundo. Ir contra a Lava-Jato é ir contra a ordem e o progresso, é ir contra um dos míseros remédios para o mal de nossa cultura que de muito mais necessita para ser curada, é ir contra o futuro de quem você ama, é ir contra a justiça, é ir contra sua dignidade… Cobrem dos representantes de seus estados, o mínimo de honestidade.

AUTOR:

Joao_novaimagem-colunista-2

Esta coluna é de responsabilidade de seus atores e nenhuma opinião se refere à deste jornal.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]