Polícia Civil realiza ações de combate a criminalidade em Maceió

(Crédito: Ascom-PC/AL)
(Crédito: Ascom-PC/AL)
(Crédito: Ascom-PC/AL)
(Crédito: Ascom-PC/AL)

Ascom-PC/AL

As polícias Civil, Militar e a Força Nacional realizaram na noite deste domingo (4) ações integradas contra o crime em Maceió.

O trabalho aconteceu em diversas áreas dos bairros do Jacintinho e do Benedito Bentes, com o objetivo de combater o tráfico de drogas, homicídios, roubos e porte ilegal de armas, entre outros delitos.

O delegado-geral Paulo Cerqueira, que comandou as ações dos policiais civis, no bairro do Jacintinho, explicou que a operação policial visa alcançar os objetivos traçados pelo governador Renan Filho, para a redução da criminalidade em Alagoas. O trabalho no Benedito Bentes foi comandado pela delegada-geral adjunta, Luci Mônica.

“Esta iniciativa foi determinada pelo governador e pelo secretário de Defesa Social, Alfredo Gaspar de Mendonça. As ações visam coibir todas as modalidades de crime, tanto em Maceió como no interior do Estado”, disse o delegado-geral.
O secretário Alfredo Gaspar e o comandante da PM, Paulo Lima Júnior, também comandaram as ações em outros pontos da cidade. O delegado Cicero Lima também esteve presente.

Durante a operação, os policiais utilizaram bafômetros, realizaram inspeção de documentos de veículos, fiscalizaram bares, e promoveram revistas em pessoas e objetos.

Um homem, identificado como Carlos Augusto Monteiro dos Santos, de 28 anos, que estava dirigindo um automóvel, placa MUP 6524, sem documentação, foi detido por embriaguez ao volante e conduzido à Central de Flagrantes para ser autuado.

As placas e chassis de todos os veículos abordados tiveram suas situações checadas por meio de sistemas policiais nacionais e estaduais.
O delegado-geral Paulo Cerqueira disse ainda que, através desta iniciativa, os órgãos da segurança pública asseguram o reforço das operações integradas, intensificando a fiscalização com vistas a reduzir a ocorrência de crimes.

”Esse trabalho será constante e se estenderá para todo o Estado, com objetivo também de coibir a entrada de armas e drogas em Alagoas”, disse o delegado-geral, solicitando ainda o apoio da população no sentido de denunciar a ocorrência de crimes e de criminosos.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]