Polícia prende dupla acusada de diversos assaltos na parte baixa de Maceió

(Crédito: Ascom-PC/AL)
(Crédito: Ascom-PC/AL)
(Crédito: Ascom-PC/AL)
(Crédito: Ascom-PC/AL)

Ascom PC-AL

Policiais civis do Núcleo de Inteligência (NI), da Delegacia Geral, agentes da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit), com o apoio de militares da Rádio Patrulha (RP), prenderam, na do ultimo sábado (13), dois homens acusados de praticar vários roubos a pontos comerciais, escritório de advocacia, academias, clínicas, salão de beleza, entre outros estabelecimentos, além de transeuntes, na parte baixa da Capital.

Após investigações, os policiais prenderam Hélio Saldanha de Moura, 26 anos e Gustavo dos Santos, 20. Os dois foram detidos na Avenida Silvio Viana, no bairro da Pajuçara. Os agentes cumpriram mandados de prisão expedidos pelas 12ª e 17ª Vara Criminal da Capital, solicitados pela Polícia Civil, após investigações realizadas.

Duas motos de cor vermelha de placas PFP-0990 e KJV-7972, que estavam com os acusados, foram apreendidas. De acordo com a coordenadora adjunta da Oplit, Luciene Araújo, após diligências a Polícia Civil descobriu que os veículos eram utilizados durante o cometimento de crimes.

Ela disse ainda que algumas vítimas reconheceram Hélio e Gustavo como responsáveis de crimes na região, inclusive de terem participado de um arrastão a uma academia no bairro da Jatiuca, na tarde desta sexta-feira (12).

De acordo com o coordenador do NI, Alexandre Melo, as investigações apontam que a dupla fez nos últimos dois meses pelo menos 30 vítimas.

Os dois foram conduzidos para a Central de Flagrantes, no bairro do Farol, onde foram autuados pelo delegado plantonista Leonardo Assunção, e confeccionados os devidos procedimentos cabíveis. A Polícia Civil acredita que a população poderá informar outros crimes praticados pela dupla. Quem quiser passar mais informações pode fazer pelo disque denúncia 181 ou ligar para a base da Oplit no 3315-2664. O anonimato é garantido.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]