Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Prazo para emitir ou regularizar título de eleitor termina dia 4 de maio

A ação pode ser realizada sem sair de casa; eleições de 2022 serão realizadas no dia 2 de outubro
Foto: Antonio Augusto / TSE
Foto: Antonio Augusto / TSE

Maio chegou e justamente na primeira semana do mês é que se encerra o prazo de regularização do título de eleitor.

O processo permite tanto a emissão do documento para eleitores iniciais, como também alterações necessárias, como a mudança de endereço ou o pagamento de débitos. A regularização pode ser feita de forma totalmente online, pela internet, na página Titulo.Net.

As eleições de 2022 serão realizadas no dia 2 de outubro. O eleitor escolherá representantes nos seguintes cargos: deputado estadual, deputado federal, governador, presidente e senador.

O voto é obrigatório para os cidadãos entre 18 e 70 anos e facultativo para os jovens de 16 e 17, analfabetos e para maiores de 70.

e-Título

Eleitores com situação regular podem ter acesso ao documento no aplicativo ‘e-Título’, disponível para sistemas Android e iOS.

Outra maneira de consultar eventuais pendências junto à Justiça Eleitoral é por meio do aplicativo e-Título. A ferramenta também pode ser utilizada como título eleitoral digital, substituindo o documento em papel no dia das eleições.

Para utilizar é necessário fazer o download gratuito, acessando este link (https://play.google.com/store/apps/details?id=br.jus.tse.eleitoral.etitulo&hl=pt) em telefones celulares ou tablets de qualquer plataforma Android ou iOS.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

Veja também

buy windows 11 pro test ediyorum

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]