Prefeitura realiza pesquisa em 4 comunidades sobre a Covid-19; porcentagem de testes positivos já chega a 28%

Cidade de Deus, Rocinha, Rio das Pedras, e Maré, tem variação de 0,2% a 0,4% de letalidade

Prefeitura realiza pesquisa em 4 comunidades sobre a Covid-19; porcentagem de testes positivos já chega a 28%

Foto: Thiago Lima / Voz das Comunidades

A Prefeitura do Rio realizou uma pesquisa em alguns bairros e comunidades do Rio para um levantamento sobre a Covid-19. A pesquisa realizada com uma metodologia do Ibope revelou que 67% dos idosos de 80 a 89 anos que testaram positivo para a Covid-19 não apresentaram nenhum sintoma da doença.

Os dados foram divulgados nesta segunda (22) e foram realizados em dois bairros da Zona Oeste e em quatro comunidades. Ao todo 3200 pessoas foram testadas. Naqueles em que o teste deu positivo para o novo coronavírus, 52% não apresentaram sintomas, já no grupo com menos idade, entre 18 a 29 anos, 53% dos casos também não apresentaram sintomas.

A pesquisa tem um de total cinco etapas, sendo esta a primeira e a segunda marcada para iniciar dia 01 de julho onde será identificado a velocidade do contágio. Nos bairros de Realengo e Campo Grande onde foram realizado os testes mostra que a taxa de letalidade varia entre 1,2% e 1,8%. Já nas comunidade visitadas, Cidade de Deus, Rocinha, Rio das Pedras, e Maré, essa taxa tem variação de 0,2% a 0,4% de letalidade. Ainda nessas comunidades, segundo a pesquisa, a porcentagem de testes positivos varia de 19%, registrado na Maré, na Zona Norte, à 28%, na Cidade de Deus na Zona Oeste. 

A Prefeitura estima que a comunidade de Rio das Pedras seja a maior favela com infectados, cerca de 39.800 de acordo com o levantamento. Vale ressaltar que 3.200 pessoas é uma fatia pequena da população comparado a quantidade de moradores que vivem nessas regiões citadas, o que pode alterar bastante no resultado final da pesquisa.