Presidente da Associação dos Moradores do Reservatório se encontra com a Rio Luz para melhorias na comunidade

O Voz da Comunidade promoveu um encontro na tarde deste segunda feira, entre o presidente da Associação de Moradores do Reservatório, Buruca e representantes da Companhia Municipal de Energia e Iluminação – RioLuz.
A conversa aconteceu em uma área conhecida como Campo, onde cabos de iluminação foram vistoriados e avaliados. O Chefe da divisão da RioLuz pediu para que os moradores se conscientizem e não façam ligações clandestinas, popularmente conhecidas como “gato”.

“As pessoas correm riscos fazendo esse tipo de coisa. Fazem instalações em cabos perigosos. A qualquer momento pode pegar fogo, dar um curto ai e queimar várias casas.”- Alerta Sidnei Miranda. A RioLuz prometeu efetuar concertos e manutenções no local.

Aproveitando a visita, Buruca e faz um apelo para a prefeitura sobre a revitalização do campo. “Já fizemos o pedido tem muito tempo. Vieram, fizeram uma vistoria e o orçamento. Segundo eles, fazer o campinho e uma praça bacana para as crianças aqui não seria caro, mas até hoje nada foi feito!”.

O presidente da associação pede atenção também aos caramujos que estão se alastrando por toda a região do reservatório, entrando nas casas e podendo transmitir doenças aos moradores.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]