Projeto Spectaculu homenageia Mestres do Samba em série no YouTube

Mestres do Samba é lançado em um momento difícil para a população idosa do Brasil, frente o isolamento social e os desafios impostos pelo novo coronavírus

Projeto Spectaculu homenageia Mestres do Samba em série no YouTube

O projeto Spectaculu, escola de arte e tecnologia em parceria com o YouTube Space Rio e o Conexão Social Produções, apresenta a série Mestres do Samba, produzida por 60 jovens das periferias do Rio, que contará com grandes bambas como Nelson Sargento e Tia Surica. Os primeiros episódios já estão disponíveis no canal da Spectaculu no YouTube.

A série musical de 13 episódios, estrelada por Nelson Sargento e bambas da velha guarda do samba carioca, tem o intuito de mostrar um trabalho de valorização da memória, da arte popular e da negritude. Com episódios recheados de depoimentos e apresentações musicais, Mestres do Samba promove um verdadeiro intercâmbio de gerações para contar, de uma forma mais atual, na linguagem dos jovens, as histórias de personagens do samba carioca: Tia Surica, Rubem Confete, Vilma Nascimento, Francineth Germano, Tiãozinho da Mocidade, Zé Luiz do Império, grupo Razões Africanas e Tantinho da Mangueira – falecido recentemente.

O projeto artístico é fruto da parceria das organizações para oferecer a jovens das periferias uma formação especial, com os três pilares do Space (aprendizado, conexão e criação), e possui três meses de duração. No Cais do Porto do Rio há 20 anos, a Spectaculu vem oferecendo formação profissional para jovens de baixa renda nas áreas técnicas de espetáculos e da indústria criativa. Dois mil alunos já foram formados pela escola. 

O projeto ‘Spectaculu – Mestres do Samba’ ajuda o jovem a valorizar a cultura do samba, que é uma das manifestações artísticas mais importantes do Brasil e tem origem nas mesmas periferias onde esses alunos vivem. Através dessa parceria com o YouTube Space Rio, a gente conseguiu fazer com que os jovens profissionais da Spectaculu produzissem documentários sobre esses mestres fundamentais do samba, que já estão nos seus 80, 90 anos de idade e que nunca tiveram a sua obra e a sua história de vida documentada na plataforma. Esse trabalho é de uma grande importância para as comunidades onde eles, jovens e grandes mestres, vivem lado a lado”, diz Gringo Cardia de 63 anos, diretor da Escola Spectaculu e da série “Mestres do Samba”.

Com direção de Gringo Cardia, Spectaculu – Mestres do Samba tem parceria da Conexão Social Produções. A produtora é a idealizadora do projeto Griôs da Cultura Brasileira, que desenvolve oficinas sobre a vivência ancestral da cultura afro-carioca. Todo o material foi produzido pelos alunos das turmas Spectaculu-YouTube Space Rio de 2019, com ajuda de instrutores e coordenadores da escola, além dos profissionais da produtora audiovisual Tocaia Filmes/Omni Laboratório Criativo, outra parceira da iniciativa.

Confira a série: