Rio+Social leva workshop e cine-debate sobre o Passinho ao Morro dos Macacos

unnamed (2)

Eventos em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer serão gratuitos e realizados nos dias 11 e 13 de agosto, na Vila Olímpica Artur da Távola

Depois do sucesso do ‘Vem Ni Mim que Sou Passinho’- o desafio que mobilizou o Morro dos Macacos, na zona norte do Rio de Janeiro – o Rio+Social vai levar aos moradores da comunidade umworkshop sobre passinho com os Imperadores da Dança, no dia 11 de agosto, e um cine-debate sobre o filme “A Batalha do Passinho” com o diretor Emílio Domingos e os integrantes do filme, no dia 13 de agosto. Realizado em parceria com a secretaria de Esportes e Lazer, os encontros serão na Vila Olímpica Artur da Távola e começarão às 18h. O Rio+Social é o programa da Prefeitura do Rio de Janeiro em parceria com a ONU-Habitat voltado para áreas ocupadas por Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) e coordenado pelo Instituto Pereira Passos (IPP).

Vem Ni Mim que Sou Passinho – Workshop será uma oportunidade para aprender um pouco mais sobre o estilo. A dança em que os praticantes mostram sua criatividade e habilidade, misturando acrobacias, marcação de ritmo com os pés e flexibilidade com várias partes do corpo, o Passinho é um estilo associado ao funk carioca.

Os dançarinos do Imperadores da Dança, um dos grupos pioneiros na área, farão uma divertida aula sobre o estilo. A dançarina e moradora do Morro dos Macacos, Mc Marcelly Knowles também vai participar da programação. William Severo, um dos Imperadores da Dança, explica como será a aula:

“Os moradores do Morro dos Macacos já têm a cultura do funk. Vamos ensinar duas das bases do Passinho para os iniciantes e alguns exercícios mais avançados para os que já conhecem o estilo. Ao final, teremos uma grande roda para que os alunos mostrem o que aprenderam”.

O gestor do Rio+Social no Morro dos Macacos, Hugo de Oliveira, explica que Vem Ni Mim que Sou Passinho – o desafio, foi uma oportunidade de reunir toda a família. Para ele, o workshop e o cine-debate vão auxiliar no desenvolvimento social da comunidade, através do funk.

“Fortalecer o grupo de jovens é muito importante para ter adolescentes mais organizados, pensando cultura para a própria comunidade. O programa pretende promover ações que realmente contemplem o interesse do  território. A comunidade dos Macacos já respira cultura. Temos exemplos como o do poeta do samba Noel Rosa e Martinho da Vila que nasceram em Vila Isabel, além dos diversos Mc’s”.

O filme A Batalha do Passinho, premiado como Melhor Filme na Mostra Novos Rumos da Première Brasil no Festival do Rio em 2012 e no júri popular no 4º Festival de Cinema Curta Amazônia será exibido no ‘Vem Ni Mim que Sou Passinho’- Cine-debate. Dirigido por Emilio Domingos, foi filmado entre 2011 e 2012 e mergulha no universo do passinho e dos jovens que o praticam. Aberta à população, a exibição será seguida de um debate no dia 13 de agosto, às 18h.

Para o diretor, “apesar de ser muito forte nas comunidades, o passinho já está em todo o mundo”. Ele afirma que as sessões em comunidades sempre o emocionam: “As pessoas que moram lá têm um relacionamento muito forte com a dança. Vamos conversar sobre as experiências deles, trocar informações e falar sobre as atualidades do mundo do passinho”.

‘Vem Ni Mim que Sou Passinho’ Cine-debate também terá a participação dos dançarinos Leandra Perfects e Cebolinha, conhecidos como os Relíquias do Funk. A mediação do debate ficará com a advogada e arte educadora, Carolina Pires.

Sobre o ‘Vem Ni Mim Que Sou Passinho’

Realizado em julho de 2015, o desafio ‘Vem Ni Mim Que Sou Passinho’ agitou os moradores do Morro dos Macacos e adjacências. A competição reuniu jovens com idades a partir de 11 anos para estimular a dança entre a garotada e envolver o ambiente escolar com a temática, proporcionando diversão e aprendizagem. Durante as seletivas para o concurso, os professores das escolas participantes trabalharam com o tema Funk em atividades multidisciplinares durante as aulas.

Veja mais sobre o Vem Ni Mim que Sou Passinho:

https://www.youtube.com/watch?v=-wRLk24j3fU

 

Serviço:

 

‘Vem Ni Mim que Sou Passinho’ Workshop 

Data: 11 de agosto

Horário: 18h

 

‘Vem Ni Mim que Sou Passinho’  Cine-debate

Data: 13 de agosto

Horário: 18h

 

Vila Olímpica Artur da Távola

Endereço: Rua Visconde de Santa Isabel, s/nº – Vila Isabel (antigo Jardim Zoológico)

unnamed (3)

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]