Solta o som do galerão

soltaosomdogaleraozenferreira

Com 22 anos, Wallace da Silva do Nascimento, mais conhecido como MC Thunay, morador do bairro de Miguel Couto, no município de Nova Iguaçu, começou a carreira há 5 anos atrás, quando era dançarino do Bonde do KRAS.

Chegou a gravar um programa no SBT, chamado “Astros”, em seguida, gravou um clipe na casa do DJ Marlboro, e no decorrer da vida, os trabalhos foram fluindo. Conseguiu colocar a sua primeira música no Big Paradão, do Programa Big Mix do DJ Marlboro, e assim, foi nascendo o trabalho deste talentosíssimo MC Thunay.

Também surgiu a grande oportunidade de gravar um DVD na Furacão 2000, Armagedon III, que foi um sucesso. No caminho de sua história, a vida lhe pregou uma triste surpresa, um dos integrantes do grupo veio a falecer, e por este motivo, o grupo acabou se desfazendo, mas nada acontece por acaso.

Depois de passar por esta situação difícil, MC Thunay não desistiu de seu sonho, levantou a cabeça e partiu para um grande desafio, dando início a sua carreira solo.

A partir desta nova jornada, encarando vários obstáculos, MC Thunay vem dando a volta por cima, no próximo mês tem lançamento do vídeo-clipe da música “Primeira Dama”, que foi produzida por Coelho Produções e está no site www.pesadao.com. A música já bateu 1.000 downloads em menos de 1 semana, e foi para a produção do CD Bomba Funk.

Thunay afirma que só tem que agradecer a Deus e a todos que estão colaborando, lhe dando esta oportunidade de ser mais um representante do funk brasileiro. Quem quiser segui-lo, acesse @Mcthunay, valeu garoto! É para frente que se anda!

Para o alto e avante, dignidade já!

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]