Solução: Reforma da passarela do Canaã começa na segunda-feira (9)

(Crédito: Arquivo/Voz-AL)
(Crédito: Arquivo/Voz-AL)
(Crédito: Arquivo/Voz-AL)
(Crédito: Arquivo/Voz-AL)

Gustavo Lopes – Voz das Comunidades Alagoas
Com informações de Assessoria

Foi autorizado nesta terça-feira (3), pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Maceió, a ordem de serviço para a reforma da passarela que divide os bairros do Canaã e Santo Amaro, que fica na Avenida Durval de Góes Monteiro.

O pedido dos moradores já era antigo e não vinha sido atendido pela prefeitura da capital. Segundo moradores, vários projetos foram enviados à prefeitura, mas nada foi feito. “A passarela está em situação decadente. Ela tem buracos e ferrugens. As placas estão soltas. Já entraram e saíram gestões e nada foi feito”, disse um morador que preferiu não se identificar.

De acordo com a assessoria da SMTT, o custo para a reforma da passarela sera em torno dos R$ 200 mil, que será custeada com recursos próprios da SMTT, que contempla a troca do piso e de toda a parte de iluminação deteriorados pela ação do tempo. As obras terão início na próxima segunda-feira (9) e a previsão para término é de 60 dias.

“A reforma inclui todos os custos necessários à execução do serviço de melhoria da estrutura física e coberta da passarela metálica do Canaã”, salientou o superintendente do órgão, Tácio Melo, durante a assinatura da ordem de serviço, que contou com a participação do vereador Dudu Ronalsa.

Tácio Melo destacou que a reforma era uma solicitação antiga dos moradores da região e não aconteceu antes por causa de entraves burocráticos no processo administrativo para a execução da obra. “Em breve, os moradores do Canaã e do Santo Amaro, que necessitam constantemente da passarela para uma travessia segura e tranquila, serão beneficiados pela obra”, afirmou.

(Crédito: Arquivo/Voz-AL)
(Crédito: Arquivo/Voz-AL)

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]