URGENTE: Determinação do STF quebra decisão de bloquear Whatsapp

logo_promo

Segundo informações do Supremo Tribunal Federal, decisão de bloquear aplicativo Whatsapp, com cerca de 100 milhões de usuários no Brasil, será cancelada e o aplicativo pode voltar a funcionar a qualquer momento.

A determinação de bloquear o aplicativo foi da juíza da Vara de Execuções Penais (VEP) Daniela Assumpção Barbosa, que conta que Facebook não colaborou com investigações da justiça brasileira. “O WhatsApp desrespeita o brasileiro’, diz a juíza. O bloqueio do aplicativo paralisou cerca de cem milhões de usuários que, pelas redes sociais, reclamavam da decisão da justiça.
De acordo com a juíza, a empresa proprietária do WhatsApp, foi notificado por três vezes para interceptar mensagens que seriam referentes a uma investigação criminal em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

whatsapp-g1

 Terceiro bloqueio em um ano

Já não é a primeira vez que um dos maiores aplicativos de comunicação do mundo é bloqueado no Brasil. Somente este ano, foram 3 bloqueios e todos com ordens judiciais por medidas de não colaborarem com investigações da justiça brasileira. Em fevereiro, houve uma segunda tentativa de suspensão. No mês seguinte outra determinação, que foi derrubada 12 horas após o bloqueio.

Em nota o Whatsapp respondeu:

“Nos últimos meses, pessoas de todo o Brasil rejeitaram bloqueios judiciais de serviços como o WhatsApp. Passos indiscriminados como estes ameaçam a capacidade das pessoas para se comunicar, para administrar seus negócios e viver suas vidas. Como já dissemos no passado, não podemos compartilhar informações às quais não temos acesso. Esperamos ver este bloqueio suspenso assim que possível”.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]