Vagas gratuitas: Jovens interessados na área artística podem se inscrever nos cursos da Escola Spectaculu

spec2019-juliannegouveia

Estão abertas as inscrições para a Escola de Arte e Tecnologia Spectaculu, que oferece formação profissional, capacitação e a inserção no mundo dos espetáculos a jovens de 17 a 21, oriundos de regiões de vulnerabilidade social do Grande Rio. Os interessados devem estudar ou já ter concluído o Ensino Médio na rede pública e possuir disponibilidade para aulas de segunda a sexta-feira na parte da tarde (14h às 17h30).

A previsão de início é em Marco e a escola recebe alunos para conhecimento em Adereços de Cena, Contrarregragem & Camarim, Iluminação Cênica e Montagem de Cenários. Todos os cursos são gratuitos, têm duração de 10 meses e os alunos recebem uniforme, material didático e 2 refeições diárias (almoço e lanche). A Spetaculu, que é uma escola que visa a formação crítica e contempla áreas técnicas de Artes Cênicas e Arte e Tecnologia. 

A seleção de alunos Spectaculu 2019 acontece em duas fases. Na primeira, o candidato realiza o preenchimento de um formulário on-line no site www.spectaculu.org.br. Na segunda, os candidatos que se enquadrarem em todos os pré-requisitos são convocados para uma entrevista presencial na própria escola, que acontece a partir de fevereiro, através de agendamento prévio por telefone. Vagas limitadas.

Dúvidas sobre o processo seletivo e inscrições:
[email protected]
Tel.: (21) 2547-0463 / 98849-3920

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]