Visando trazer as novidades tecnológicas para as comunidades, maker e pedagoga buscam ajuda na internet

Screenshot_20190124-164623_WhatsApp

Saiba como ajudar Edu Figueiredo e Grazi Carvalho

Já imaginou um maker de Campo Grande e uma pedagoga da Cidade de Deus na EDTECH, o maior evento de tecnologia voltado para educação? E para que essa ideia saia da imaginação e vire realidade o maker Edu Figueiredo e a pedagoga Grazi Carvalho fizeram uma ‘vakinha’ virtual para estarem no evento que vai acontecer no 21 de fevereiro em São Paulo.

Com o intuito de tornar a participação na EDTECH possível os profissionais que atuam no Favela Hub – primeiro polo de inovação social que fica localizado ao lado do Pavão Pavãozinho, viram na internet uma saída para irem atrás daquilo que há de mais atual no mundo tecnológico voltando para educação e assim trazer toda informações para comunidades, escolas públicas e locais nos quais a tecnologia ainda chega de forma tardia.

Para ajudar é muito simples, basta acessar o link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/queremos-ir-a-edtech e fazer sua contribuição.

Vale lembra que toda e qualquer ajuda é super bem vinda e o compartilhar essa ideia é muito importante!

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]