Anistia Internacional, Justiça Global e Coletivo Papo Reto exigem explicações sobre as operações policiais durante a pandemia da Covid-19