Aulas presenciais no RJ podem voltar no dia 15 de setembro, diz secretário de Saúde

O Ministério da Educação (MEC) anunciou ontem os detalhes do programa que disponibilizará internet para cerca de 400 mil estudantes em situação de vulnerabilidade das instituições federais de ensino. O MEC adotará duas modalidades

Ministério da Educação (MEC) anunciou ontem os detalhes do programa que disponibilizará internet para cerca de 400 mil estudantes em situação de vulnerabilidade das instituições federais de ensino. O MEC adotará duas modalidades para fornecer a internet: os alunos que já tiverem acesso à rede terão incremento do plano de dados com créditos de 10 GB a 40 GB, já aqueles que não tiverem acesso receberão um chip pré-pago com capacidade de 5 GB a 40 GB. Durante a coletiva de imprensa, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, assumiu que a iniciativa do governo chegou “um pouquinho tarde”.

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]