Aulas presenciais no RJ podem voltar no dia 15 de setembro, diz secretário de Saúde

O Ministério da Educação (MEC) anunciou ontem os detalhes do programa que disponibilizará internet para cerca de 400 mil estudantes em situação de vulnerabilidade das instituições federais de ensino. O MEC adotará duas modalidades

Ministério da Educação (MEC) anunciou ontem os detalhes do programa que disponibilizará internet para cerca de 400 mil estudantes em situação de vulnerabilidade das instituições federais de ensino. O MEC adotará duas modalidades para fornecer a internet: os alunos que já tiverem acesso à rede terão incremento do plano de dados com créditos de 10 GB a 40 GB, já aqueles que não tiverem acesso receberão um chip pré-pago com capacidade de 5 GB a 40 GB. Durante a coletiva de imprensa, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, assumiu que a iniciativa do governo chegou “um pouquinho tarde”.