Decreto ampliará em 60 dias auxílio emergencial para trabalhadores intermitentes

O governo federal deve prorrogar por mais 60 dias o prazo máximo dos acordos de suspensão de contrato de trabalho e de redução de salário e jornada. O decreto também amplia em 60 dias o auxílio emergencial de R$

O governo federal deve prorrogar por mais 60 dias o prazo máximo dos acordos de suspensão de contrato de trabalho e de redução de salário e jornada. O decreto também amplia em 60 dias o auxílio emergencial de R$ 600 pago aos trabalhadores intermitentes. Atualmente, o benefício é pago por 120 dias. Neste caso, a concessão é automática, sem a necessidade de acordo.