Drogarias e farmácias vão passar a receber denúncias de mulheres vítimas de violência doméstica

Mulheres vítimas de violência doméstica vão poder fazer denúncias em drogarias e farmácias. Basta mostrar um X vermelho na palma da mão aos atendentes, que vão acionar silenciosamente a polícia.

Mulheres vítimas de violência doméstica vão poder fazer denúncias em drogarias e farmácias. Basta mostrar um X vermelho na palma da mão aos atendentes, que vão acionar silenciosamente a polícia. Cerca de 10 mil farmácias no país já confirmaram participação, como a Drogaria Venâncio e as Farmácias Pague Menos.

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]