Escolas de samba do Rio devem cancelar desfiles de 2021

De acordo com o jornalista Ancelmo Gois, a falta de segurança sanitária decorrente da pandemia de Covid-19, cujas medidas de segurança envolvem evitar aglomerações, impede a venda de ingressos. Além

De acordo com o jornalista Ancelmo Gois, a falta de segurança sanitária decorrente da pandemia de Covid-19, cujas medidas de segurança envolvem evitar aglomerações, impede a venda de ingressos. Além disso, não haverá tempo hábil para confecção das alegorias e fantasias carnavalescas.Em julho, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (Liesa) já realizava reuniões para discutir os rumos do Carnaval 2021. Na época, alguns grupos já se mostraram favoráveis a adiar a festa, entre eles Mangueira, Imperatriz Leopoldinense, Vila Isabel, Beija-Flor e São Clemente.A ideia inicial era transferir o Carnaval para data em que estão outros feriados inclusos, como a semana santa em abril ou o Corpus Christi em junho. Mas a proposta só funcionaria na existência de uma vacina para a Covid-19.