Fim da isenção da conta de luz para a consumidores de baixa renda

Isenção vigorou de 1º de abril a 30 de junho. Se medida não for prorrogada consumidores voltarão a ser cobrados pelo consumo de energia. Outra medida adotada no setor de

Isenção vigorou de 1º de abril a 30 de junho. Se medida não for prorrogada consumidores voltarão a ser cobrados pelo consumo de energia.
Outra medida adotada no setor de energia foi a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de proibir que as concessionárias cortem o fornecimento de energia elétrica por falta de pagamento.
A medida, que venceria no dia 23 de junho, foi prorrogada pela Aneel até o dia 31 de julho.