Governador veta reabertura de salões e academias

A decisão de Wilson Witzel vai na contramão das novas diretrizes anunciadas pelo presidente Jair Messias Bolsonaro. O Governo do Estado do Rio de Janeiro informou nesta terça-feira (12) que não vai aderir

A decisão de Wilson Witzel vai na contramão das novas diretrizes anunciadas pelo presidente Jair Messias Bolsonaro.

O Governo do Estado do Rio de Janeiro informou nesta terça-feira (12) que não vai aderir ao decreto presidencial que considera salões de beleza, barbearias e academias de ginástica como serviços essenciais.

A assessoria de comunicação do governador Wilson Witzel afirmou que vai se basear na decisão do Supremo Tribunal Federal, que diz que estados e municípios têm o poder e autonomia de estabelecer medidas para o enfrentamento ao coronavírus.

.