Mangueira dispensa 50 funcionários por conta da crise

Fundada há 92 anos, a Estação Primeira de Mangueira está vivendo um dos momentos mais difíceis de sua história. Sem arrecadação de receitas desde o começo da pandemia, a agremiação

Fundada há 92 anos, a Estação Primeira de Mangueira está vivendo um dos momentos mais difíceis de sua história. Sem arrecadação de receitas desde o começo da pandemia, a agremiação se viu obrigada a tomar a difícil decisão de suspender os contratos de 50 funcionários.O presidente da escola, Elias Riche lamentou a situação e disse que a diretoria busca alternativas, mas que no momento o caixa está zerado.