Mangueira é condenada a indenizar foliona por barrá-la em desfile por ser branca

A Mangueira foi condenada a pagar uma indenização de R$ 10 mil a uma foliona que foi barrada no desfile de 2015 da agremiação por ser branca, informou o colunista do

A Mangueira foi condenada a pagar uma indenização de R$ 10 mil a uma foliona que foi barrada no desfile de 2015 da agremiação por ser branca, informou o colunista do GLOBO Ancelmo Gois. O valor foi fixado pela 22ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio como compensação pelas despesas com fantasia e hospedagem, além do desgosto da mulher, que não realizou o sonho de desfilar na Avenida.