Maré de Notícias uma série de três matérias sobre o desafio de manter projetos de educação na Maré diante das dificuldades impostas pela pandemia

Sobretudo em territórios de favelas e periferias. Desigualdades sociais, de raça e de gênero têm sido escancaradas no Brasil e no mundo e manter ações de atendimento e acolhimento a

Sobretudo em territórios de favelas e periferias. Desigualdades sociais, de raça e de gênero têm sido escancaradas no Brasil e no mundo e manter ações de atendimento e acolhimento a estas populações com criatividade, empatia, afeto e uma grande dose de dedicação têm sido crucial neste período. Com mais de uma dezena de projetos em educação, a Redes da Maré atende cerca de mil crianças, adolescentes, jovens e adultos e tem mantido suas atividades durante a pandemia. Confira o que está rolando e como educadores e alunos estão adaptando suas ações durante este período.