Moradores são monitores no combate ao Covid-19, na Providência

A campanha teve início no dia 04/05 e funciona da seguinte forma: 12 monitores se dividirão entre as 6 áreas da comunidade e farão visitas diárias às residências para identificar

A campanha teve início no dia 04/05 e funciona da seguinte forma: 12 monitores se dividirão entre as 6 áreas da comunidade e farão visitas diárias às residências para identificar necessidades de alimentos e itens de higiene e proteção, reunir estatística de contaminação e risco, organizar distribuição de doações e conscientizar e comunicar moradores sobre informativos.
As doações por Vakinha estão sendo realizadas e financiarão não apenas a campanha Morador Monitor, como também a sanitização da comunidade.