O Fluminense divulgou nesta terça-feira quem serão os beneficiados pelo projeto do atacante Fred

O jogador que percorreu 600 km de bicicleta na última semana, arrecadando doações em todo percurso. Para definir os locais que serão ajudados, o clube levou em consideração “parcerias no

O jogador que percorreu 600 km de bicicleta na última semana, arrecadando doações em todo percurso. Para definir os locais que serão ajudados, o clube levou em consideração “parcerias no esporte e proximidade com espaços usados”. A distribuição ficou dividida assim: 800 para funcionários mais humildes de Xerém e Laranjeiras;
500 para a Mangueira, onde o futsal do Fluminense tem parceria e realiza treinamentos; 1.300 para a Cidade de Deus, comunidade próxima ao CT Carlos Castilho;500 para Xerém, onde está localizado o CT das categorias de base do clube;200 para o Salgueiro, para o Projeto Social e Esportivo Educação Através do Esporte, que já possui parceria com o Flu;
300 para o Cantagalo, para o Projeto Meninos do Boxe, outra parceria antiga do clube;400 para instituições da Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde está localizado o CT Carlos Castilho, e que trabalham com pequenas comunidades.

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]