Pesquisa feita em favelas do Rio mostra como o coronavírus afeta a saúde mental

Pesquisa da rede SOS Favela!, que buscou entender quais são os impactos emocionais da Covid-19 nas comunidades do Rio. Os números revelam a predominância de sentimentos ruins, como medo, ansiedade

Pesquisa da rede SOS Favela!, que buscou entender quais são os impactos emocionais da Covid-19 nas comunidades do Rio. Os números revelam a predominância de sentimentos ruins, como medo, ansiedade e tristeza.
A pesquisa é uma parceria do grupo Viva Rio com a Academia Pérolas Negras, com respostas de 1.263 moradores de comunidades do Rio. Apesar de as entrevistas terem sido realizadas dentro de favelas, os dados desenham o que pode ser a realidade de qualquer outro endereço: 98% dos entrevistados, por exemplo, mudaram os hábitos domésticos diante da pandemia, passando a usar técnicas de meditação e a ter mais cuidados com a higiene pessoal e coletiva, entre outras coisas.