Prefeitura do Rio planeja rodízio de alunos na volta às aulas

As aulas presenciais na rede municipal do Rio devem voltar com turmas menores e rodízio de alunos para evitar aglomerações, mas ainda não há uma data certa para o retorno.

As aulas presenciais na rede municipal do Rio devem voltar com turmas menores e rodízio de alunos para evitar aglomerações, mas ainda não há uma data certa para o retorno. No planejamento inicial da prefeitura, estava previsto que, a partir de julho, creches e algumas escolas voltariam a funcionar. Mas a Secretaria de Educação do município (SME) afirma que vai seguir as orientações do Conselho Nacional de Educação para reorganizar o calendário escolar. O planejamento para o retorno das aulas, que inclui a criação de um protocolo com medidas sanitárias, está sendo feito em parceria entre as secretarias municipais de Educação e Saúde, além dos conselhos de Educação, representantes de pais e sindicatos de profissionais.

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]